Setembro Amarelo na EACH

Postado em 11 de setembro de 2018

 

 

Setembro Amarelo: histórico da iniciativa

Em 2015, representantes do Centro de Valorização da Vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) reuniram-se em Brasília para formalizar a Campanha Nacional de Prevenção do Suicídio, conhecida como o “Setembro Amarelo: Falar é a melhor solução”. O mês de setembro foi escolhido, pois a Associação Internacional para Prevenção do Suicídio (IASP) instituiu o dia 10 de setembro como o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio (CVV, 2016). O Ministério da Saúde divulga as “Datas em Saúde”, que tem ganhado visibilidade por meio de campanhas publicitárias simbolizadas por laços de fita colorida para chamar a atenção da população sobre doenças e alertar as pessoas quanto à prevenção. Dessa forma a campanha vincula o tema à data e à cor – Setembro Amarelo, simbolizado pelo laço de fita amarela.

Embora o CVV atue na prevenção do suicídio desde 1962, a campanha Setembro Amarelo foi fundamental para aumentar a visibilidade do tema, que passou a ser pautado na mídia, seja na divulgação de estatísticas, depoimentos pessoais, aspectos clínico-patológicos, sociais e culturais.

 

Setembro Amarelo na EACH: sua vida é importante

Na EACH, pensamos em debater esse importante tema – o suicídio – para marcar nosso 1º Setembro Amarelo, como resposta aos pedidos de ajuda que ouvimos no cotidiano ou situações de alerta que nos inquietam, envolvendo colegas e alunos.

A organização do Setembro Amarelo nos alegrou pela participação voluntária e articulação de pessoas e grupos na EACH que não se conheciam, ou pouco tinham contato, mas que decidiram cooperar para promover atividades diretamente relacionadas à Campanha.

Na USP, as iniciativas para prevenção tem sido pontuais, desarticuladas e claramente insuficientes para lidar com o tema, mas certamente importantes e efetivas para quem tenha sido adequadamente acolhido, orientado e encaminhado.

Esperamos que esta iniciativa possa sustentar ações, programas e, quem sabe, uma política interna de cuidado e promoção da saúde. Ao mesmo tempo, estamos buscando formas de identificar, acolher e encaminhar pessoas que precisem de apoio profissional.

Queremos que as pessoas da EACH que tem sentimentos que retratam dores decorrentes dos desafios da vida, inclusive da vida acadêmica, saibam que sua dor nos toca. Mesmo sem as melhores respostas, queremos dizer que sua vida é importante.

Escolhemos o girassol como nosso símbolo porque ele representa florescimento, vitalidade e beleza; sua cor simboliza calor e vitalidade. Os girassóis buscam o sol, mas em dias nublados voltam-se uns para os outros até que o sol possa brilhar novamente.

Clique AQUI para conferir o calendário e descrição detalhada das atividades.

 

Colaboraram na construção do “Setembro Amarelo na EACH”:

Comissão de Saúde e Bem-Estar, Diretoria, Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), Comissão de Cultura e Extensão da EACH (CCEx-EACH), Biblioteca da EACH, Prefeitura do Campus, Setores Técnicos Administrativos, EACH Imprensa, Eventos, Manutenção e Infraestrutura, EACH-Social, Aliança Bíblica Universitária (ABU), Diretórios e Centros  Acadêmicos da EACH, Coletivo Denegrir, DCE Diretório Central de Estudantes da USP, alunos(as), funcionários(as) e docentes da EACH, Prefeitura de São Paulo, carnavalesco XUXA e equipe de serralheria e pintura de escolas de samba.

— 

Locais de apoio

Ligue 188

Procure uma UBS Unidade Básica de Saúde ou  CAPS Centro de Atenção Psicossocial da sua Região.

  • CAPS – Centros de Atenção Psicossocial da Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo:

https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/saude/atencao_basica/index.php?p=204204

http://buscasaude.prefeitura.sp.gov.br/

http://www.saude.sp.gov.br/ses/perfil/cidadao/homepage/outros-destaques/unidades-de-saude

  • CVV – Centro de Valorização da Vida

Informações sobre atendimento: 188 ou https://www.cvv.org.br/

  • Centro de Atenção Integrada à Saúde Mental Vila Mariana

Rua Maj. Maragliano, 241 – Vila Mariana, São Paulo – SP, 04017-030. Horário: Aberto 24 horas. Telefone: (11) 3466-2100.

 

Na Universidade de São Paulo

  • EACH

Procurar o SAS (inclusive no período noturno), para buscar orientações sobre encaminhamentos.

  • Escritório de Saúde Mental

http://sites.usp.br/esm/prevencao/

  • Hospital Universitário

www.hu.usp.br

Agendamento para consultas com psiquiatras podem ser feitos pela internet (uma vez por mês é aberto o agendamento).

  • Clinica Escola do Instituto de Psicologia

Av. Prof. Mello Moraes, 1721 – Bloco D – Sala 121. De Segunda a Sexta, das 08h00 ás 11h00 ou das 14h00 às 16h00 – Telefone (11) 3091-8248.

Telefonar para saber prazos e regras de inscrição. Existe um plantão as terças feiras as 16:30 horas.