Aluno de Têxtil e Moda expõe obra na São Paulo Fashion Week

Postado em 17 de março de 2017

A Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH/USP) marcou presença na 43ª edição do São Paulo Fashion Week (SPFW), realizado nesta semana na Fundação Bienal, localizada no Parque Ibirapuera de São Paulo. A Escola foi representada pelo aluno Marlon Leal, que cursa Têxtil e Moda e que aproveitou a oportunidade para mostrar um pouco da sua criatividade com um quadro de arte têxtil.

Marlon posa para foto no teatro Bradesco ao lado dos professores Mauricio Araújo e Francisca Dantas

A obra “Cidade concreta e virtual”, feita com a técnica de bordado sobre tela em tecido, busca transmitir “a mensagem de ode ao construtivismo, a relação simbólica entre a materialidade têxtil, os diferentes tecidos e as formas arquitetônicas, a criação de uma cidade futurista concreta, física, e ao mesmo tempo, a construção virtual, das cidades próprias de cada cidadão”, explica Marlon, que utilizou paetês metalizados e estampados para compô-la, além dos tecidos Jacquard, Tricoline e Linho.

Mas para chegar à exposição no SPFW o estudante da EACH percorreu um longo caminho. Ele participou, no final de 2016, do concurso Focus Design Visions Moda & Arte, o qual tinha como proposta criar novas formas de reutilização de resíduos, matérias-primas e usos para moda e vestuário, com a curadoria do estilista Walter Rodrigues.

Após passar por um rigoroso processo seletivo, Marlon foi um dos dez jovens universitários selecionados para fazer um workshop com Walter Rodrigues e levar suas criações para o SPFW.

“Por eu ter uma criação autoral muito forte com a técnica do bordado e conseguir transitar entre a moda e a arte, o Walter me liberou para escolher qualquer forma de expressão para realizar o desafio de criar com os retalhos”, afirma o aluno. “Optei por criar arte têxtil, como forma de evidenciar a longevidade que os retalhos poderiam ganhar, 100 anos, 200 anos, como uma obra de arte bem conservada. Além, é claro, de cumprir o papel interseccional entre moda e arte.

Marlon também apresentou suas criações no teatro Bradesco, em fevereiro deste ano, e teve uma de suas obras selecionada para participar da 10ª Bienal da UNE – Feira da reinvenção. Ele foi o segundo colocado na categoria Artes Visuais.

Oriundo de escola pública, Marlon chegou a ser aprovado em três diferentes universidades públicas no ano de 2015. Apesar da conquista, ele ainda não havia conquistado o seu objetivo final, que era ser aprovado na EACH, o que ocorreu no início de 2016. Conheça mais sobre a história de Marlon Leal.

Email this to someoneShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this pagePin on PinterestShare on Tumblr