Aluno do curso de Sistemas de Informação recebe o prêmio de “Melhor Artigo de Iniciação Científica”

Postado em 05 de maio de 2017

Divulgação
Aluno do curso de Sistemas de Informação recebe o prêmio de “Melhor Artigo de Iniciação Científica”
Da esq. para a dir.: os ex-alunos ganhadores do mesmo prêmio em 2016 Carlos Aguni e Alex Kawahira; e os alunos Nicolas Lima, Eduardo Koketu e Luiz Galdino

Posts Relacionados

O aluno do curso de Sistemas de Informação da EACH/USP, Nicolas Bacic Lima, recebeu o prêmio de “Melhor Artigo de Iniciação Científica” durante o XVIII evento da Escola Regional de Alto Desempenho (ERAD). O encontro foi realizado entre os dias 8 e 10 de abril de 2017 no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação da Universidade de São Paulo (ICMC-USP), em São Carlos, com a finalidade de disseminar a importância, os desafios e as perspectivas do Processamento de Alto Desempenho, Arquitetura de Computadores e Sistemas Distribuídos para o Brasil.

Intitulado “Plataformas Cooperativas: Análise, Incentivo e Solução”, o trabalho de Nicolas, orientado pelo professor Daniel Cordeiro, busca entender como incitar diferentes organizações (como instituições de pesquisas e empresas) a compartilharem seus recursos (computadores) e cooperarem entre si sem que nenhuma organização tenha o desempenho de suas tarefas afetado por compartilharem seus recursos. Este é um problema de escalonamento conhecido na literatura como MOSP (Multi-Objective Scheduling Problem), um problema NP-Completo.

Os recentes avanços da Computação de Alto Desempenho abrem um largo espectro de possibilidades para as pesquisas na área. Arquiteturas modernas paralelas e distribuídas apresentam cada vez mais capacidade de processamento em busca de um maior poder computacional. Sobre esse aspecto, problemas de escalonamento são cada vez mais estudados afim de buscar aproveitar ao máximo o que essas arquiteturas oferecem.

Escalonamento de tarefas ou processos (em inglês, scheduling) é uma atividade organizacional feita por um escalonador (scheduler) da CPU ou de um sistema distribuído, possibilitando executar as tarefas mais viáveis e concorrentes, priorizando determinados tipos de tarefas. O escalonamento de processos é uma tarefa complicada, pois nenhum algoritmo é totalmente eficiente e à prova de falhas.

Os resultados desse trabalho oferecem um algoritmo que soluciona o problema de forma satisfatória, respeitando todas as restrições que são apresentadas. O artigo premiado busca entender o que organizações esperam obter quando compartilham seus recursos considerando cada função objetivo que elas desejam otimizar.

* Com informações do curso de Sistemas de Informação da EACH/USP

Email this to someoneShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this pagePin on PinterestShare on Tumblr