PROFESSORA ADYR BALASTRERI RODRIGUES DOA SEU ACERVO AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TURISMO DA EACH-USP

Postado em 15 de agosto de 2018

A professora Adyr Balastreri Rodrigues, uma das mais eminentes geógrafas e pesquisadoras de turismo do Brasil, fez a doação de seu acervo de 297 livros e 27 teses e dissertações ao Programa de Pós-Graduação em Turismo da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo. Os exemplares foram catalogados pela equipe da biblioteca da unidade e estão à disposição da comunidade acadêmica.

A professora Adyr Apparecida Balastreri Rodrigues é graduada em Geografia (1969), obteve grau de mestre (1973) e de doutor em Geografia Humana (1985) pelo Departamento de Geografia (DG-USP) da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.

Foi pesquisadora na área de Geografia do Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo, de 1970 a 1976. Neste período (1974) foi estagiária junto ao Centre d´Études de Géographie Tropicale, em Talence, Bordeaux, França, onde participou de um evento acadêmico dedicado à Geografia da Recreação e do Turismo, que começava a frutificar na Europa e que logo foi reconhecida como especialidade no seio da UGI (União Geográfica Internacional). Em 1976 ingressou como docente no DG- USP, atuando nos cursos de graduação e pós-graduação, até 2016.

Sua tese de doutorado intitulada Águas de São Pedro- estância paulista. Uma contribuição à Geografia da Recreação, apresentada em 1985, junto ao DG-USP, colocou em evidência a importância da abordagem geográfica do turismo, atividade econômica e prática social que se desenvolvia no Brasil a passos largos, notavelmente na fachada litorânea, produzindo novos espaços e/ou reinventando espaços anteriormente produzidos por outras atividades econômicas.

Na esteira desses acontecimentos, introduziu, em 1987, uma nova disciplina junto ao Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana no DG-USP, intitulada O turismo como fenômeno econômico, político, social e cultural e suas repercussões espaciais. Em 1989 criou a disciplina Geografia do Turismo na grade curricular da licenciatura em Geografia da mesma instituição. Estas iniciativas foram norteadoras para a introdução destas disciplinas em inúmeros cursos de Geografia no Brasil e na América Latina, onde a pesquisadora marcou presença constante nos Encontros de Geógrafos da América Latina, com a apresentação de comunicações, participação em mesas redondas, e coordenação de grupos de trabalho.

Realizou pós-doutorado na Universidade Complutense de Madrid e na Universidade Paris I – Sorbonne(1988). Ministrou disciplinas de pós-graduação nas Universidades de Bahia Blanca e Mar del Plata , na Argentina, na Universidade de Lisboa , nas Universidades de Castilla-La Mancha e Sevilha, na Espanha. Foi professora visitante na Universidade Católica Dom Bosco, em Campo Grande, na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, em Belo Horizonte e na Universidade Estadual do Ceará, em Fortaleza, onde ministrou disciplinas e dirigiu monografias na sua especialidade.

Orientou diversas monografias de conclusão de curso, dissertações de mestrado e teses de doutorado no DG-USP. Concebeu, juntamente com os colegas Amália Ignês Geraiges de Lemos e Eduardo Yágizi , o evento internacional Geografia e Planejamento do Turismo “ Sol e Território”, que reuniu pesquisadores de renome nacional e internacional na área da Geografia do Turismo, tendo sido um marco no estudo desta temática no Brasil. Deste evento foram publicados três livros com textos selecionados, sendo da sua autoria a coletânea Geografia do Turismo. Reflexões Teóricas e enfoques regionais.

Dois anos depois, em 1997,concebeu e organizou juntamente com seus alunos de pós-graduação o 1º Encontro Nacional de Turismo com Base Local, considerado um dos conclaves mais importante no estudo do turismo no País, hoje já na sua 15ª versão. Neste evento foi lançado o livro Geografia e Espaço. Rumo a um conhecimento transdisciplinar, uma série de dez textos apresentados pela pesquisadora como conferencista em diversos eventos acadêmicos. Nesta obra vê-se claramente como as ideias de Milton Santos, seu eminente colega do DG-USP, influenciaram a autora. Deste evento, resultaram três coletâneas: Turismo e Desenvolvimento Local; Turismo e Ambiente. Reflexões e Propostas; e Turismo. Modernidade. Globalização, publicados pela Editora Hucitec.

Organizou ainda três workshops Turismo urbano, Ecoturismo e Turismo Rural, que resultaram nos livro Ecoturismo no Brasil: possibilidades e limites (2001) e Turismo Rural (2001), este último com contribuições de geógrafos portugueses, uma vez que resultou de um projeto de pesquisa com a Universidade de Lisboa, desenvolvido de 1998-2001,financiado pela CAPES.

Colaborou com capítulos em diversas coletâneas nacionais e internacionais, publicou artigos em inúmeros periódicos indexados , prefaciou vários livros, entre eles o livro Turismo-planejamento estratégico e capacidade de gestão, organizado por Mario Beni e lançado em 2014, pela editora Manole.

Posts Relacionados